Artigos

Reunimos aqui artigos e posts escritos pela Psicóloga Walkyria Drozd e outros autores sob os mais variados assuntos.

Os posts estão organizados por data de postagem tendo sua atualização frequente.

Para acompanhar as novidades, sigam-nos em nossas redes sociais:

  facebook.com/psicowalkyriadrozd
  instagram.com/psicowalkyriadrozd

Filhos adolescentes e desafios na quarentena (Parte I)⠀

⠀
Conhecer um pouco mais sobre os comportamentos dos adolescentes, pode ajudar vocês pais, a lidar também com suas próprias expectativas e serem mais empáticos, com essa fase que é cheia de mudanças e, ainda mais em tempos de isolamento social. ⠀
⠀
A adolescência é um período marcado por muitas mudanças. É comum nessa fase o distanciamento afetivo das figuras parentais. Alguns comportamentos são marcados por certa rebeldia, como virar os olhos, como bufar para tudo que pai e mãe falam e fazem entre outras atitudes características. ⠀
⠀
As mudanças no corpo e rebeldia adolescente nem sempre andam juntas, não sendo, muitas vezes, possível situar bem o começo ou o fim, parecido com o querer saber quando a quarentena irá acabar. ⠀
⠀
É evidente que o desejo do adolescente é ser tratado como um adulto, sem ter que agir como um. E o que os pais querem é que o adolescente aja como um adulto, sem perder a influência sobre ele. ⠀
⠀
Nos próximos posts mais esclarecimentos sobre comportamentos e mudanças comuns nessa fase e, que se tornam um desafio para pais e para os adolescentes em tempos de confinamento.⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

18/Mai/2020

Reflexões em tempos de quarentena⠀

⠀
Estamos diante de vários desafios, como conciliar o trabalho em home office, com as tarefas do lar e as responsabilidades com as crianças.⠀ Além disso, estamos diante de grandes incertezas, busca-se adivinhar o futuro desesperadamente, o que produz ansiedade generalizada. ⠀

Os adultos que estão trabalhando em casa, estão descobrindo o lado insano de conciliar ambiente corporativo, produtividade e tarefas domésticas com as aulas online das crianças. ⠀

Hoje nos vemos confrontados com o ideal contemporâneo de produtividade, que se baseia em abrirmos mão das relações parentais, familiares, pessoais, do cuidado de si e da casa em nome da produtividade, da sobrevivência, ainda que precária e do acúmulo de bens de consumo descartáveis.⠀
⠀
Vivemos num país de desigualdades extremas, diferenças sociais muito marcantes e a pandemia só escancarou aos nossos olhos o que já existia. ⠀
⠀
Por isso, cabe refletir sobre nossas relações em todos os âmbitos, seja nossas relações familiares, com nossos filhos, companheiros (as), nossas relações de consumo e como queremos continuar vivendo. ⠀
⠀
É pensar que toda ação individual irá refletir no coletivo, assim, como as atitudes dos pais afetam diretamente aos filhos. ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

16/Mai/2020

Desafios da Quarentena⠀

⠀
Vou deixar aqui algumas perguntas, que tem sido recorrentes nesse período, e recomendações que poderão auxiliar nesse momento.⠀
Espero ajudá-los !⠀
⠀
O que fazer para diminuir a ansiedade dos filhos nesse período?⠀
É necessário criar uma rotina para este momento. ⠀

As crianças entendem e precisam de rotina, senão tudo fica mais caótico. ⠀
Eles ficarão mais agitados, mais ansiosos, querendo saber o que vai acontecer depois. A rotina traz segurança. ⠀

Então, acordar e fazer o café da manhã, depois ver um pouco de TV, depois brincar um pouco, fazer alguma tarefa ou alguma brincadeira mais física, enfim, na medida do possível estabelecer uma rotina. ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

12/Mai/2020

Desafios da Quarentena⠀

⠀
Vou deixar aqui algumas perguntas, que tem sido recorrentes nesse período, e recomendações que poderão auxiliar nesse momento.⠀
Espero ajudá-los !⠀
⠀
Muitas crianças estão sendo afastadas do convívio de pessoas queridas, como dos avós, que figuram nos grupos de risco da Covid-19. Como ajudar a lidar com a saudade?⠀
É importante trazer virtualmente as pessoas que estão longe para perto da criança, sempre que possível, evitar um ruptura abrupta. As conversas virtuais com os avós, com os tios, com os amigos da escola, com as pessoas que elas estão acostumadas e gostam, ajudam muito. É importante que a criança fique perto de quem ela confia nesse momento de tantas incertezas.⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

07/Mai/2020

Desafios da Quarentena⠀

⠀
Vou deixar aqui algumas perguntas, que tem sido recorrentes nesse período, e recomendações que poderão auxiliar nesse momento.⠀
Espero ajudá-los !⠀
⠀
Como a pandemia do coronavírus e o isolamento social afetam a mente das crianças?⠀
As crianças percebem que algo está acontecendo em seu entorno, talvez não tenham total compreensão cognitiva, mas captam que tem alguma coisa muito diferente acontecendo. ⠀
O ambiente de tensão está sendo mostrado todos os dias, seja quando as medidas de higiene ou precauções de segurança são tomadas. É muito importante conversar. Explicar que estamos em um momento que quase todas as pessoas estão em casa, que elas não vão poder ver os amigos por um tempo, mas que isso vai passar. Explicar na linguagem delas, adequando a idade delas. ⠀
⠀
Para as crianças menores, contar histórias ou fazer desenhos de monstrinhos fazendo uma relação com o virus podem ser um excelente caminho. Dar informações claras e precisas, numa linguagem adequada para cada idade, usando os recursos condizentes com a capacidade de compreensão das crianças. Mas não dê informações em excesso, digam somente o que precisam saber. Isso ajudará a diminuir o estresse, porque as crianças não ficarão tentando adivinhar o que é a cara de tensão/nervosismo das pessoas ao redor. ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

04/Mai/2020

Desafios da Quarentena⠀

⠀
Sabemos, que as medidas de isolamento social adotadas para conter o avanço da pandemia do coronavirus impõem desafios para milhões de famílias que agora precisam conciliar rotinas de trabalho, o cuidado e educação dos filhos e a convivência familiar. É difícil sim, equilibrar tudo isso, não está sendo fácil, ainda mais sob a tensão de ameaça da Covid-19, e suas repercussões emocionais e financeiras. ⠀
Portanto, é necessário e muito importante cuidarmos da saúde mental, neste período. Por isso, algumas recomendações poderão ajudar que adultos e crianças atravessem essa fase com mais tranquilidade e leveza possível. ⠀
⠀
“Mães e pais não deveriam se cobrar para ter a mesma produtividade que teriam se estivesse na empresa, sem ninguém atrapalhando.” ⠀
É importante lembrar e sentir que estão fazendo o possível dentro da situação que a gente tem. ⠀
⠀
“Os pais podem se sentir mais exigidos pelas crianças”. ⠀
Sim, as crianças são afetadas pela mudança na rotina delas também. Elas estão vivenciando perdas em decorrência desse isolamento, assim como os pais. Com isso, ficarão mais estressadas, mas somos nós que teremos que dar essa contenção emocional, somos o porto seguro delas e seremos mais exigidos emocionalmente. E também entender que pode ser que em algum momento perderemos a calma e paciência, e isso também é humano. ⠀
⠀
Em breve mais recomendações que poderão ajudá-los nesse momento. 

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

30/Abr/2020

28 de Abril, Dia da Educação

⠀
Hoje 28 de Abril, Dia da Educação, quero deixar duas frases do professor Reuven Feuerstein, uma na imagem do post e essa outra abaixo:⠀
⠀
"O educador é peça-chave. Ele transmitirá os valores, as motivações, as estratégias. Ajudará a interpretar a vida. Nós, educadores, estamos mais em jogo do que a criança e jovens. Se não formos capazes de ensinar, será impossível aprender". Reuven Feuerstein⠀
⠀
Minha eterna admiração a sua sensibilidade e comprometimento com o desenvolvimento humano.⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

28/Abr/2020

Dicas de Quarentena com crianças: Cozinhe com seus filhos! ⠀⠀

⠀
Crie um momento para cozinharem juntos, mesmo que não seja o seu forte, isso não importa.⠀
Você pode envolver seus filhos nessa atividade e mesmo que o resultado não seja ótimo, será um momento para se divertirem juntos e você incluí-los nas atividades da casa. ⠀
Pode pedir para que seus filhos pesquisem receitas na internet ou em livros também...⠀
Ao preparar a receita não se importe com a bagunça ou com a sujeira, isso também faz parte!!!⠀
Entregue-se como em uma brincadeira!!!⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

27/Abr/2020

Saúde Mental dos Adolescentes em tempos de Quarentena
Dicas que podem ajudar ⠀

⠀
Estamos em todos os meios falando sobre saúde mental, e não podemos esquecer que cada pessoa pode apresentar seu sofrimento de forma muito peculiar, de acordo com os recursos que possui para lidar com os desafios que a situação nos coloca. ⠀
É claro, que as crianças e adolescentes ainda não possuem tantos recursos, como os adultos, que espera-se que já tenham desenvolvido. ⠀
⠀
O nosso olhar de cuidado aqui é para os adolescentes, por isso algumas dicas que podem ajudá-los: ⠀
• Tentar regular a respiração em momentos de ansiedade.⠀
• Ouvir músicas.⠀
• Arrumar a cama para tentar não voltar depois para deitar-se.⠀
• Escrever um diário pra responder questões, como: O que está me fazendo me sentir assim? Como estou me sentindo hoje? Pelo que estou grata?⠀
• Criar uma nova rotina (horários para refeições, dormir, atividades escolares, leituras, encontros virtuais etc)⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

21/Abr/2020

Saúde Mental dos Adolescentes em tempos de Quarentena⠀

Existem alguns aspectos que podem interferir diretamente na “saúde mental dos nossos adolescentes”, como: a perda da rotina, por conta do fechamento das escolas, cancelamento de provas, perda da liberdade, que é algo bem difícil para os adolescentes, não poder encontrar os amigos entre outros. Contudo, as redes sociais (tecnologias) tem sido uma forte aliada pra eles manterem os contatos, mesmo que virtualmente. ⠀
Alguns sintomas tem se apresentado comuns nesse período, portanto, é necessário estar atento para a intensidade e frequência.⠀
⠀
Tais sintomas podem ser: ⠀
• Aumento de ansiedade⠀
• Sentir-se desorientado⠀
• Desanimado⠀
• Mais depressivo⠀
• Sensação de confusão⠀
• Problemas para dormir⠀
• Ataques de pânico⠀ ⠀
A perda da rotina pode causar muito sofrimento, portanto, é necessário criar uma nova rotina para esse momento. ⠀
E se os sintomas se intensificarem, busque ajuda de um profissional especializado. 

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

18/Abr/2020

Escolhas em tempos de Quarentena⠀

Todos os dias fazemos inúmeras escolhas, desde as mais corriqueiras entre outras, que precisam ser feitas, que não são cotidianas mas podem alterar a vida familiar, porque exigem maiores reflexões, considerações e bom senso. ⠀
É claro, que gostaríamos de fazer sempre as melhores escolhas, e isso é impossível, então, a saída nesses casos, é fazer a melhor escolha possível, considerando-se principalmente o contexto, as possibilidades e a realidade da vida no momento. ⠀
Por isso, nesse contexto que estamos vivendo em plena pandemia de coronavírus, é importante fazermos escolhas adequadas, para nosso bem, pelo cuidado com toda a família, para ensinarmos nossos filhos e pelo respeito a comunidade em que vivemos. ⠀
⠀
Atenção !!!⠀
Para que essas escolhas sejam as melhores precisam ser bem informadas e para que elas possam ser tomadas, é necessário que busquemos informações científicas e as respeitemos. ⠀
É importante ensinar aos seus filhos o valor do conhecimento científico e a importância de ser considerado no momento das escolhas. Esse aprendizado pode demorar a acontecer, já que a educação é um processo que não depende apenas do acúmulo de informações. ⠀
E atenção com os filhos, porque atitudes cobradas no momento nunca foram exigidas em nenhum outro tempo, por isso teremos que ter: Paciência, Persistência e Perseverança, no processo desses ensinamentos. ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

16/Abr/2020

Quarentena⠀

Postei um vídeo há alguns dias, com considerações ao momento que estamos vivendo “a quarentena”, e no final dele disse que deixaria uma frase.⠀
E esta frase é uma profunda reflexão sobre a vida, do Psicanalista Christian Dunker: ⠀
⠀
“… uma certa humildade com o tamanho da vida, com o tamanho dos problemas, com o quanto você realmente pode. Com, assim, os estranhos seres que habitam nós mesmos, sabe? Esse é um aprendizado que vai aumentando com o passar do tempo. De você perceber-se, assim, bem menor do que você era – não, né, no fenótipo, mas… (risos). Bem menor. A vida talvez seja um processo de você ir diminuindo, e concentrando no tamanho da alma. Por isso que chama análise, e não síntese. Você vai reduzindo. Você vai reduzindo ao essencial. ⠀
⠀
Quero deixá-la registrada, porque assim como essa reflexão tocou-me na alma, espero que também se sintam tocados, ainda mais nesse momento difícil que estamos vivendo. Momento este, de vivenciar de forma tão intensa nossas fragilidades e vulnerabilidades, próprias da nossa condição humana.⠀
⠀
Estamos todos juntos !!!!!⠀
⠀
Walkyria Drozd⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

07/Abr/2020

Crianças e Quarentena

ATENÇÃO PAPAIS E MAMÃES⠀⠀
As crianças demandam uma atenção especial, nesse momento, pois terão mais dificuldades em substituir os laços físicos pelos digitais.⠀
O momento pede um acompanhamento do filho mais de perto, contar histórias, participar das brincadeiras, interações que talvez foram perdidas ao longo do tempo.⠀
⠀
“Para os pais que vivem dizendo eu não tenho tempo para isso, agora pode ser o momento para esses ajustes. É importante observá-las, se pararam de brincar, se se isolaram demais, se estão comendo e dormindo direito, porque a quarentena é uma situação muito adversa e as crianças são muito sensíveis para captar a preocupação dos adultos.⠀
⠀
Em breve mais informações importantes, que poderá ajudá-los nesse momento difícil para todos!⠀
O momento é para cultivarmos a solidariedade!!!⠀

Abraços e estamos juntos !⠀
Walkyria ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

26/Mar/2020

Atendimento com consultas não presenciais

Seguindo as determinações do governo de São Paulo estaremos trabalhando somente com consultas não presenciais, realizadas através de meios digitais (Chamadas por Audio ou Video no Whatsapp, Skype, telefone ou outro meio que lhe for mais confortável) até ao menos o dia 07 de abril.

Informaremos a todos através das mídias sociais sobre o nosso retorno ao funcionamento assim que possível.
Juntos vamos vencer essa pandemia!

Informações de contato:⠀
📱11 98959-1949⠀
💻 walkyria_drozd@msn.com⠀
📍Rua José dos Reis, 719 - Sala 10 (2º andar)⠀
Vila Prudente - São Paulo 

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

22/Mar/2020

Afeto, o que é verdadeiramente? 

Em outros posts já falei da importância do afeto, o que é dar afeto e hoje quero descrever sobre formas equivocadas de dar afeto. ⠀
⠀
Já sabemos que “limites e afetos” tem papel estruturantes no desenvolvimento da criança. Podemos até entender como, duas torneiras que devem ser dosadas para atingir uma boa temperatura. Exageros em qualquer direção teremos como consequência problemas de comportamento. ⠀
⠀
Mas o que é, afinal de contas, dar afeto? Muitas pessoas pensam que dar afeto é levar o filho ao McDonald’s, lhe comprar um video game ou viver elogiando-o. ⠀
⠀
Dar afeto não é: ⠀
• Passar a mão na cabeça para tudo.⠀
• Ser pegajosa e cansativa.⠀
• Querer discutir assunto de adulto com criança.⠀
• Levar para fazer programa de adulto.⠀
• Dar coisas materiais.⠀
• Ficar do lado do filho mesmo quando ele está errado.⠀
• Deixar fazer o que quiser.⠀
• Parar sua vida para cuidar do filho. “Vivo por ele”.⠀
⠀
Repense se suas atitudes estão demonstrando o verdadeiro afeto, aquele que seu filho realmente precisa para um bom desenvolvimento. ⠀
Lembre-se, dedicar seu tempo e sua verdadeira atenção a seu filho e aquilo que é mais importante para ele e não para você.⠀
Essa é uma importante forma de demonstrar o verdadeiro afeto. ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

19/Mar/2020

Por que os filhos não devem dormir no quarto dos pais? ⠀

Atualmente, identificamos algumas dificuldades que os pais enfrentam na hora de educar os filhos é saber falar não. Colocar os limites de forma adequada e assertiva, eis o grande desafio no processo educativo. Portanto, dentre os muitos “nãos” difíceis de dizer, um dos mais recorrentes é não autorizar que os filhos durmam no quarto dos pais. ⠀⠀
É claro, que isso pode ser permitido pontualmente, desde que não seja frequente. Isso poderá virar um problema a depender da frequência e intensidade. ⠀
Existe situações como, na fase intensa da amamentação, é compreensível que o bebê durma no quarto dos pais, por praticidade. Contudo, no desmame já é aconselhável que a criança já tenha o hábito de dormir no quarto dela. ⠀
⠀
Quando as crianças estão um pouco maiores, pode acontecer de ela se mostrar frágil ou dengosa por uma razão específica e pedir para dormir uma noite no quarto dos pais. Outras situações, como dividir a cama em viagens também pode ser muito gostoso porque é algo que foge da rotina. O que deve ser evitado é que os pais cedam sempre e a criança ter a sensação que ela tem aquele “porto seguro”quando quiser. ⠀⠀
As crianças podem ter dificuldades de dormir sozinha, até os seis anos de idade este é um comportamento bem normal. Portanto, os pais devem se revezar e ir para o quarto da criança, evitando ao máximo o movimento contrário. ⠀
⠀
Os pais não devem perder de vista que o quarto do casal é um ambiente de intimidade. E não apenas sexual, mas é o espaço físico que os dois tem para conversar sobre o dia, se abrir sobre algo que esteja incomodando, mostrar fraquezas enfim. Os filhos não precisam testemunhar estes momentos e não devem. Esse é um limite físico muito importante para a criança entender o espaço que ocupa. Lembre-se antes de serem pais, eram um casal e é bom que ainda se enxerguem assim. ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

06/Mar/2020

A importância da rotina para as crianças⠀

A rotina exerce influência fundamental no desenvolvimento infantil. Entre outros fatores, ela ensina a criança a conviver com a realidade familiar e até comunitária (bairro, escolar etc), além de contribuir para o fortalecimento da autonomia.⠀
A rotina implica regras que estabelecem limites. O limite gera uma dose de frustração, e é importante aprender desde cedo a conviver com esse sentimento. ⠀
⠀
O estabelecimento de rotinas é um dos aspectos fundamentais para dar segurança à criança. É assim também que ela desenvolve habilidades e aprende a lidar com as solicitações do ambiente.⠀
Valorize o papel da rotina na primeira infância, respeitando sempre a diversidade. Cada família tem seu jeito próprio de funcionamento.⠀
⠀
Na comunicação, reforce que as crianças devem ter hora do sono, alimentação, higiene e brincadeira, e que isso é bom para o seu desenvolvimento. ⠀
Lembre-se, sempre que possível, que essa orientação é embasada pela ciência. ⠀

Fonte: www.primeirainfanciaempauta.org.br⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

02/Mar/2020

Desligue-se do celular e ligue-se no seus filhos!!!!⠀

Quando estiver se divertindo com seus filhos desligue o celular ou coloque no silencioso.⠀
Desligue principalmente a sua mente das preocupações e atividades a serem realizadas. ⠀
Entregue um tempo efetivamente de qualidade ao seus filhos.

Ele não precisa ser de muitas horas, mas quando você estiver com eles aproveite de corpo, alma e mente.⠀
⠀
A criança percebe / sente quando sua mente está ausente e pode começar a demonstrar comportamentos mais difíceis para ter a atenção que não lhe está sendo dispensada. ⠀
⠀
Use sua criatividade! Pesquise nas redes sociais ou nos buscadores da internet que você verá como ideias irão surgir e ao final tudo terá sido mais fácil e você e seus filhos terão boas lembranças.
Além disso, você terá contribuído muito para o desenvolvimento emocional deles!!!⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

28/Fev/2020

Pais exigentes x Pais compreensivos - Você se identifica com qual deles?⠀

A necessidade de educar “filhos perfeitos” é uma forma sutil e direta de dar ao mundo crianças infelizes. Essa pressão da exigência irá acompanhá-las sempre, e mais ainda se esta educação for baseada na ausência de estímulos positivos e afeto. ⠀
Como pais desejamos que nossos filhos tenham “sucesso” ou sejam felizes?⠀
⠀
É claro, que ninguém deseja que na adolescência desenvolvam uma depressão ou que sejam tão exigentes com eles mesmos, que não saibam o que é se permitir aproveitar, sorrir ou cometer erros. ⠀
⠀
• Os pais muito exigentes e críticos costumam apresentar uma personalidade insegura que precisa ter sob controle cada detalhe. ⠀
• Os pais compreensivos impulsionam seus filhos para a conquista, permitindo explorar coisas, sentir e descobrir. Apresentam-se como guias para seus filhos e não colocam fios para movê-los como marionetes. ⠀
• O pai/mãe exigente é autoritário e leva um estilo de vida que é mais regrado, que está sempre seguindo o relógio. Indica regras e decisões para economizar tempo através do “porque eu sei que é melhor para você”, ou “porque eu sou seu pai/mãe”.⠀
⠀
É preciso diferenciar entre a educação baseada na exigência mais rigorosa e aquela criação baseada na compreensão e na conexão emocional com nossos filhos. ⠀⠀
Educar é exercer a autoridade, mas com bom senso. É usar o afeto como antídoto e a comunicação como estratégia. ⠀
⠀
Fonte: Site: A mente é maravilhosa⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

25/Fev/2020

Vocês sabem algumas das consequências de exigir demais das crianças?⠀

É claro que, podemos educar nossos filhos na cultura do esforço, podemos e devemos exigir, sem dúvida isso deve acontecer, mas tudo tem um limite. Exigir demais e também não exigir tem consequências, o desafio é encontrar o limite dessas exigências. Essa barreira, que deveria ser intransponível, é a de acompanhar a exigência a um colchão afetivo incondicional. ⠀
Caso contrário, nossos filhos “perfeitos” serão crianças tristes que evidenciarão as seguintes dimensões: ⠀
⠀
• Dependência e passividade: crianças acostumadas a serem mandadas, deixam de decidir por conta própria. Assim, sempre buscam a aprovação externa e tendem a perder a sua espontaneidade, a sua liberdade pessoal. ⠀
• Falta de emotividade: os filhos “perfeitos” inibem suas emoções para se ajustarem ao que “tem que ser feito”, e toda essa repressão emocional traz graves consequências a curto e longo prazo. ⠀
• Baixa autoestima: uma criança ou um adolescente acostumado à exigência externa terá dificuldade em desenvolver autonomia e tomar decisões. Isso tudo criará uma autoestima muito negativa.⠀
• A frustração, o rancor e o mal-estar interior podem ser traduzidos como instantes de agressividade.⠀
• A ansiedade é outro fator característico das crianças educadas com excessiva exigência, qualquer mudança ou nova situação gera insegurança pessoal e uma elevada ansiedade. ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

23/Fev/2020

Cuidados importantes na educação das crianças⠀
Filhos perfeitos, crianças tristes!!! Parte II

Quando temos pais envolvidos pela cultura do esforço que é levada ao limite, procurando a excelência em seus filhos, não respeitando seus momentos de ócio e que são limitados à busca por mais competências, o resultado será esgotamento, estresse e vulnerabilidade. ⠀

Essa exigência desmedida por parte dos pais, pode derivar também, facilmente, na falta de auto-estima, ansiedade e elevado mal-estar emocional, na adolescência, assim como consequência a depressão.⠀

Essa necessidade, como pais, de educar filhos perfeitos e aptos para o futuro, o que estamos conseguindo é criar filhos “desconectados da felicidade”.⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

21/Fev/2020

Cuidados importantes na educação das crianças⠀
Filhos perfeitos, crianças tristes!!! Parte I ⠀

Um cuidado muito importante na educação das crianças é evitar as comparações, seja entre irmãos, primos, amigos e de que forma for. ⠀
Atenção: cada indivíduo é único e precisa de um olhar diferente.⠀
⠀
Exigir a perfeição dos pequenos poderá ser perigoso e gerar consequências nas adolescência e na vida adulta. ⠀
Educar uma criança, adequadamente, é poder olhá-la na sua singularidade, compreender que tem seu tempo e suas características próprias.⠀
Quando a pressão da exigência sobre os filhos existe no processo educativo, os filhos temem cometer erros e nunca alcançam as elevadas expectativas que seus pais têm.⠀
Esse modelo de educação não está baseado na liberdade, nem no reconhecimento, e sim na autoridade de uma voz rígida e exigente. ⠀
Essas exigências na infância deixa suas marcas, muitas vezes irreversíveis no cérebro adulto, como nunca se achar suficientemente competente, nem perfeita com base naqueles ideais que lhe foram incutidos. Por isso, é necessário cortar esse vínculo limitante que impede a nossa capacidade de sermos felizes.⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

19/Fev/2020

Boa educação é um ótimo equilíbrio entre limites e afetos

Você que é pai ou mãe, já pensou no que consiste uma educação adequada?⠀
⠀
A educação suficientemente boa, consiste num verdadeiro equilíbrio entre limites e afetos, equilibrar limites e também dosar o afeto. Os excessos e as faltas interferem diretamente no desenvolvimento da criança.⠀
⠀
Veja algumas dicas - Dar limites é:⠀
• Ensinar que os direitos valem para todos e que existem outras pessoas no mundo;⠀
• Dizer não apenas quando necessário;⠀
• Ensinar a suportar frustrações, aprender a esperar;⠀
• Mostrar que o mundo não está lá para lhe servir;⠀
• Dar exemplo;⠀
• Entender que dizer não é um gesto de amor e não algo contra a criança.⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

15/Fev/2020

Reunião de Pais - Escola Plenitude

1° Reunião de Pais 2020 - Escola Plenitude
Reforçando a importância do trabalho de parceria "Família x Escola", no desenvolvimento de nossas crianças.

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

11/Fev/2020

Manifestações comportamentais das crianças

Atenção, papais e mamães!⠀
É importante estar atento as diversas manifestações comportamentais das crianças, afinal, quanto mais rápido a intervenção menor será o comprometimento no seu desenvolvimento. ⠀
⠀
Abaixo, alguns sinais que podem indicar problemas na saúde mental do seu filho:⠀
• Problemas para dormir⠀
• Agressividade⠀
• Irritabilidade⠀
• Apatia⠀
• Falta de prazer em brincar⠀
• Excesso ou falta de fome ⠀
• Recusa em interagir⠀
• Atraso na comunicação (verbal ou mesmo por olhar)⠀
• Pesadelos recorrentes⠀
• Problemas repetidos de escape de xixi ou cocô após já ter aprendido⠀
⠀
As crianças também sofrem de tristezas e angústias, mas manifestam de forma mais sutil, uma vez que seu repertório é diferente. Por isso é importante compreender o contexto, é ele que poderá ajudar a indicar se algo realmente é motivo de preocupação. ⠀
⠀
Sabemos que o amor de pai e mãe é grande e, muitas vezes, cego a indícios de que algo na saúde mental do filho não vai tão bem. Toda intervenção quando mais precoce, menos prejuízos ao desenvolvimento da criança. Busque ajuda se precisar!!! ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

09/Fev/2020

Experiências positivas na primeira infância

VALE SABER!⠀
Experiências positivas na primeira infância contribuem para o desenvolvimento saudável do cérebro, permitindo que a arquitetura cerebral seja sólida e tenha uma estrutura mais apta a superar dificuldades.

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

07/Fev/2020

Cérebro em construção

Importante!!! ⠀
Mesmo após o nascimento, o cérebro continua sendo “construído” e a qualidade de sua “construção” dependerá das experiências vividas.⠀

Ou seja, quanto melhor for a “construção” do cérebro nessa fase, melhor será a preparação das crianças para o futuro.

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) ⠀ ⠀

04/Fev/2020

Desenvolvimento é contínuo e incorpora diversos processos biológicos e socioemocionais

O desenvolvimento de uma pessoa é contínuo e incorpora diversos processos biológicos e socioemocionais, que se moldam a partir de experiências vivenciadas especialmente na primeiríssima infância (fase que vai até os 3 anos de idade).⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 
⠀

31/Jan/2020

Primeira infância

VOCÊ SABIA?⠀
É na primeira infância (primeiros seis anos completos) que os pequenos formam sua estrutura mental e constroem as sinapses – conexões entre neurônios, por onde circulam os impulsos nervosos, responsáveis por manter memórias e consolidar hábitos. Esses impulsos nervosos traduzem, em eletricidade no cérebro, as emoções e as experiências do dia a dia. ⠀
Este é o período em que o cérebro mais precisa de estímulos, uma vez que 90% das conexões cerebrais são estabelecidas até os 6 anos.⠀
⠀
Em síntese, as interações sociais contribuem para impulsionar a atividade cerebral. Se a criança for negligenciada, muitas ligações entre neurônios deixam de acontecer, o que pode afetar seu potencial de aprender e se desenvolver. ⠀
⠀
A formação da arquitetura cerebral ocorre nos primeiros anos de vida e será o alicerce para todas as outras aquisições ao longo dos anos. ⠀
⠀
Será que suas ações tem favorecido o bom desenvolvimento dos pequenos? Tudo o que é vivido hoje, determinará de forma saudável ou não a sua vida adulta. ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

30/Jan/2020

Cuidados para uma boa saúde mental infantil⠀

• Tempo de tela⠀
Estudos já mostram que o excesso de tempo de tela prejudica o sono, altera o humor, reduz a capacidade cognitiva e contribui para o sedentarismo. Entra aqui o uso de celulares, televisão, tablet e computador. ⠀
⠀
• Rotina ⠀
Crianças precisam de rotina para aprender a colocar ordem no mundo. Estabeleça hora certa para acordar, comer, tomar banho e dormir.⠀
⠀
• Sono⠀
Dormir é essencial na primeira infância. Durante o sono, o cérebro concretiza as memórias do dia. ⠀
De 04 a 12 meses: de 12 a 16 horas, incluindo cochilos⠀
De 1 a 2 anos: de 11 a 14 horas, incluindo cochilos⠀
De 3 a 5 anos: de 10 a 13 horas, incluindo cochilos⠀
⠀
• Leitura⠀
Leia para seu filho. O hábito fortalece o vínculo afetivo, também ajuda a lidar com as emoções e colabora para o desenvolvimento do raciocínio, o aprendizado da linguagem, o estímulo à atenção e a memória.⠀ ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

29/Jan/2020

Cuidando do bem-estar emocional das crianças

Cuidando do bem-estar emocional das crianças⠀
Tem se observado um aumento no índice de crianças e adolescentes com algum tipo de transtorno mental. Essa estatística vem sendo apresentada pela OMS (Organização Mundial de Saúde), como exemplo a depressão é uma das principais causas de doença e incapacidade entre adolescentes, em todo o mundo. ⠀
⠀

Os cuidados com a saúde mental começam bem antes da adolescência, portanto, alguns cuidados se fazem necessários. ⠀
⠀
Entre as principais causas, está o que chamamos de “estresse tóxico” na primeira infância, período que vai de zero a seis anos: traumas grandes ou leves, mas contínuos, que a longo prazo minam a saúde mental dos pequenos. Em síntese, são as vivências negativas rotineiras que a criança ainda não tem capacidade de gerenciar: entram desde violência física e verbal, abuso sexual, negligência, falta de afeto e desnutrição até hábitos mais naturalizados, como cobrança exagerada, agenda repleta de atividades e excesso de tempo em frente à tela. ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

28/Jan/2020

Saúde Mental das crianças e adolescentes

Saúde Mental das crianças e adolescentes- Buscando atendimento profissional⠀ ⠀
​Atenção, segue aqui um passo a passo pra te ajudar a seguir um caminho na busca de ajuda profissional adequada.⠀ ⠀
▪ 1 PASSO - Manifestação dos sintomas⠀
▪ 2 PASSO - Observação das alterações por pais e professores⠀
▪ 3 PASSO - Buscar ajuda profissional adequada (Psicólogo, Pediatra ou algum profissional de saúde de sua confiança, num primeiro momento)⠀
▪ 4 PASSO - Avaliação do contexto e dos aspectos gerais do comportamento⠀
▪ 5 PASSO - Caso exista a necessidade de tratamento em saúde mental, busque o profissional adequado ou os profissionais da área qualificados, para dar o devido acompanhamento. Normalmente, Psicólogos e Psiquiatras trabalham juntos e dependendo do caso outros profissionais de Saúde são envolvidos.⠀
Existe também, a possibilidade de buscar o encaminhamento ao CAPS Infância e Juventude (Centro de Atenção Psicossocial).⠀
▪ 6 PASSO - O paciente que é recebido por um profissional especializado, terá muitas outras oportunidades de um desenvolvimento mais adequado, terá mais chances de uma inserção social e de uma qualidade de vida mais saudável quando adulto. Já no CAPS, se o paciente é recebido também terá atenção multidisciplinar.⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

27/Jan/2020

Crianças e do adolescentes, como acertar no diagnóstico?

Você sabia que uma das tarefas mais complicadas e importantes para quem trabalha com saúde mental da criança e do adolescente é acertar no diagnóstico?⠀
⠀
Diferenciar sua estrutura psíquica, por exemplo, e determinar a forma de tratá-la e pensar nas chances de uma adequada inserção social é um grande desafio.⠀
⠀
A importância, portanto, de tratar deste assunto junto a outros profissionais da saúde mental se dá pela influência, que um diagnóstico correto pode ter sobre o futuro de pacientes que estão em tenra fase do seu desenvolvimento.É necessário um olhar multidisciplinar para o adequado diagnóstico e tratamento dos problemas de saúde mental na infância e adolescência.⠀
⠀
Todo cuidado, atenção e ética é fundamental, afinal, é um diagnóstico para um indivíduo que não esta totalmente formado, seja psíquica ou fisicamente.⠀
⠀
Toda atenção é necessária ao escolher profissionais que cuidarão da saúde mental dos seus filhos.⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

24/Jan/2020

Protegendo a criança nos casos de Divórcio⠀

A separação é um processo doloroso, que já foi descrito até como uma das mais dolorosas experiências pelas quais pode passar o ser humano, sendo um processo complexo, vivido em diferentes etapas e em diferentes níveis. ⠀
As crianças, por sua vez, também sofrem, por isso é necessário respeitar suas necessidades e limites, que de acordo com a idade, dificultam a compreensão da situação. ⠀
⠀
Abaixo, segue alguns pontos bem importantes que merecem a atenção dos pais, afinal, esse processo é difícil para todos e se alguns cuidados forem tomados estaremos protegendo e aliviando sofrimento para os pequenos. ⠀
⠀
• Ao definir detalhes e acordos da rotina, busque conversar diretamente com o adulto e não fazer com que a criança participe mandando recados, essa não é sua função.⠀
• Questões financeiras não devem ser resolvidas com a criança. Quando os pais insistem e repassar valores para quem não tem poder de decisão sobre isso, o estresse tende a aumentar de forma desnecessária .⠀
• Críticas feitas na presença da criança sobre o pai/mãe são outra fonte de estresse. A criança não tem que escolher um lado!⠀
• O tempo de assimilação da nova configuração é próprio de cada criança. Não temos como forçar para que ela fique bem em um período “X”. ⠀
• Para as crianças pequenas, especialmente as que ainda não fazem uso da linguagem verbal, esteja atento aos comportamentos que a criança apresenta e converse sempre. ⠀
⠀
A Psicoterapia é muito indicada para os casos que envolvem a separação de pais. Para dúvidas, não deixe de buscar um profissional.⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

21/Jan/2020

6 razões para não bater em seu filho⠀

6 razões para não bater em seu filho⠀
1. Todo mundo tem o direito a ter sua integridade física e psíquica respeitada (inclusive crianças)⠀
2. Quando batemos ensinamos que a violência é o caminho para solucionar problemas⠀
3. O respeito não se ganha com violência. O medo sim⠀
4. As palmadas provocam desconfiança, medo, desconexão com os pais, raiva e baixa autoestima⠀
5. Ele aprende que o amor se expressa com violência (e pode ter relacionamentos abusivos no futuro)⠀
6. Não há dor pior do que ser ferido por alguém que você ama. ⠀
⠀
Fonte: Tradução @cantomaternar / Adaptado de @mamatambiensabe⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

17/Jan/2020

Novidades para 2020!

Compartilhei em algum post mudança s no espaço e finalmente aconteceram.
Todos os detalhes foram pensados com muito carinho e amor.

Que esse espaço se torne cada vez mais acolhedor e aconchegante, possibilitando grandes mudanças e transformações. ❤️

Walkyria - Psicóloga

"Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana". Carl Gustav Jung

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

15/Jan/2020

Você sabe quando procurar ajuda para seu filho?⠀

As crianças passam por fases de desenvolvimento, momento de descobertas e transformações. ⠀
É na infância, nessa fase que a criatividade se expressa com facilidade, que os primeiros afetos vão proporcionar acolhimento para encorajar a vida no futuro. Quando mudanças no comportamento começam a ganhar espaço, para o silêncio e ao isolamento pode significar que é um bom momento de cuidar da saúde mental dos pequenos.⠀
⠀
Alguns comportamentos descritos abaixo, sugerem desequilíbrio na educação:⠀
• Birra constante;⠀
• Medo muito grande;⠀
• Dificuldade de perder quando jogando com amigos ou com adultos;⠀
• Excesso de agressividade;⠀
• Dificuldades de aprendizagem;⠀
• Timidez excessiva⠀
• Entre outras!⠀
⠀
Então esteja atento, porque esse cuidado na infância é de grande importância para que não tome proporções maiores, impedindo que as fases seguintes sejam prejudicadas. ⠀
⠀
Cuidar da saúde mental das crianças é também exercer a função de prevenção da saúde mental do adolescente, tornando um adulto mais consciente de seus sentimentos. ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

14/Jan/2020

Elogiando do jeito certo!⠀

Você pode elogiar seu filho de diversas formas:⠀⠀
• Quanto a inteligência e capacidade:⠀
“Uau, como você é inteligente!”⠀
“Que esperta que você é!”⠀
“Menino, que orgulho de ver o quanto você é genial!”⠀
⠀
• Quanto ao esforço e ao trabalho realizado (e não à criança em si): ⠀
“Menina, gostei de ver o quanto você se dedicou na tarefa!”⠀
“Menino, que legal ter visto seu esforço!”⠀
“Uau, que persistência você mostrou. Tentou, tentou, até conseguir, muito bem!”⠀
⠀
Uma pesquisa realizada por psicólogos, com dois grupos de crianças, constataram respostas surpreendentes, após serem elogiadas de formas diferentes. O ser humano foge de experiências que possam ser desagradáveis. As crianças reforçadas, como sendo “inteligentes” não querem o sentimento de frustração de não conseguirem realizar uma tarefa, pois isso pode modificar a imagem que os adultos têm delas. “Se eu não conseguir, eles não vão mais dizer que sou inteligente”. As “esforçadas” não ficam com medo de tentar, pois mesmo que não consigam é o esforço que será elogiado. ⠀
⠀
As crianças precisam aprender muito mais que conteúdos escolares. Precisam aprender valores, princípios e ética. Respeitar as diferenças, lutar contra o preconceito, adquirir hábitos saudáveis e construir amizades sólidas. Nada disso se constrói por meio de elogios frágeis, focados no ego de cada um. É preciso que sejam incentivados constantemente a agir assim, com elogios, feedbacks e incentivos ao comportamento esperado. ⠀
⠀
Elogie sim, mas dá forma mais adequada e assertiva!!!⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

10/Jan/2020

Limites Adequados


Dar limites adequados não é: ⠀⠀
* Ser autoritário (não ver o outro lado e abusar de sua posição de poder);⠀
* Bater;⠀
* Humilhar;⠀
* O oposto de dar carinho, atenção.⠀
⠀
São os adultos que precisam ensinar à criança que ela precisa respeitar o outro, pensar no outro, assim como ensinar os valores éticos da vida social. Essa responsabilidade é dos pais e não pode ser delegada.⠀
⠀
Você sabe quais são os motivos que muitas vezes impedem os pais de colocar limites adequados as crianças? Não perca as próximas postagens. ⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

08/Jan/2020

Dica de Férias # 5⠀

Use a internet para pesquisas interessantes! ⠀
⠀
Sugira aos seus filhos pesquisarem algum assunto interessante na internet e lhe mostrarem mais tarde ou quando você chegar do trabalho.⠀

Faça perguntas para eles, demonstre interesse.⠀

Auxilie a pesquisar, caso eles sejam menores.⠀

Depois vocês podem conversar sobre o que foi aprendido e relacionar o conteúdo com a rotina da criança e da família.⠀

LINK PARA ESSE POST
(Abra e compartilhe essa postagem com amigos) 

03/Jan/2020

Ver postagens mais antigas

Você pode ver as postagens mais antigas clicando no link abaixo:

Entre em contato

Rua José dos Reis, 719 Sala 10 (2º andar) Vila Prudente - São Paulo - CEP 03139-040
Celular / Whatsapp:  11. 98959-1949
contato@walkyriadrozd.com.br

Psicóloga CRP 06 / 766639

Visite nossas redes sociais:

Entre em contato

Rua José dos Reis, 719
Sala 10 (2º andar)
Vila Prudente - São Paulo

Especializada em psicopatologia, psicofarmacologia e saúde mental, educadora e mediadora de P.E.I. Programa de Enriquecimento Instrumental - Reuven Feuerstein. Metodologia Israelense psicoterapia psicanalítica, avaliação psicológia infantil e orientação cocacional de crianças, adolescentes e adultos

Psicóloga Walkyria Drozd